top of page
  • Foto do escritorAdriana Silva

O livro do IPCCIC mostra avanços e retrocessos no uso e proteção dos bens culturais da cidade

Atualizado: 12 de ago. de 2023

Em 17 de agosto de 2013, pesquisadores do Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais (IPCCIC), se reunirão para lançar o livro Paisagem Cultural do Café. Dez anos depois, o grupo retorna ao mesmo espaço para o lançamento da segunda edição revisada. Nessa nova versão do livro foram incluídas fotos daqueles bens que passaram por modificações. Boas e ruins. Lamenta o incêndio da propriedade localizada na Avenida Saudade, 222, referência da imigração Portuguesa e celebra, por exemplo, a restauração da Maria Fumaça da Usina Amália.


Com 180 páginas, a obra sugere quatro circuitos de bens culturais. O primeiro deles reúne 21 indicações concentradas no centro da cidade e nos bairros adjacentes, chegando até a antiga Fazenda Monte Alegre, no complexo dos Museus Histórico e do Café. O segundo circuito destaca os casarões antigos. O terceiro apresenta o distrito de Bonfim Paulista e o quarto, a Cruz do Pedro.

Esse trabalho foi iniciado em 2010, quando o grupo fazia parte da Rede de Cooperação Identidades Culturais, mantida pela Secretaria Municipal da Cultura. Depois, com o desligamento dos profissionais, seguiu sendo um dos temas de pesquisa do Instituto.


Em 2013 o IPCCIC trabalhava com o conceito de Cidade Criativa, depois de dez anos pesquisando o comportamento social e politico das cidades, com muitas atividades de campo e avaliações dos referenciais identitários dessa região do estado e de outras cidades em todo o Brasil, o grupo cunhou o conceito de Cidade Humana e defende seis passos para que essa transformação ocorra, da qual a preservação do patrimônio está inserida.


A presidente do IPCCIC, Sandra Molina, no projeto desde o início, celebra com o grupo esses dez anos de estudos, pesquisas e muito comprometimento com a produção cultural e patrimonial da cidade e da Região.


O projeto de revisão da obra é uma ação do Proac ICMS, tem a Secretaria de Cultura, Economia e Industria Criativa e o governo do Estado de São Paulo como apoiadores e a Usina Alta Mogiana como patrocinadora. A iniciada foi conduzida pela Cocreare, consultoria parceira do IPCCIC.


O evento de lançamento será no dia 17 de agosto, às 19 horas, na Fábrica, Rua Mariana Junqueira, 33. O espaço comporta 100 pessoas e serão garantidos os lugares dos que chegarem primeiro.



26 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page